Língua Portuguese
EnglishFrançais

Serviços

Para além das suas plataformas de negócios e programas de formação, a EMRC oferece serviços personalizados para apoiar o sector privado Africano:

Estudos de pré-viabilidade e de viabilidade: destinados a avaliar a relevância, viabilidade técnica e financeira dos projectos e programas (privados e públicos).

Exemplo: Estudo de viabilidade dde uma Incubadora PME na República do Congo (financiado pelo Banco Mundial)

Planos de negócios: Destinados a estruturar projectos de negócios de forma coerente e rentável

Exemplo: MUPECI, CECAW ou SOPROICAM

Desenvolvimento de Negócios: Com o objetivo de encontrar parceiros financeiros, comerciais ou técnicos dentro e fora da rede EMRC

Exemplo: CCA, o abastecimento de investimentos para a transformação de uma instituição de microcrédito em um banco nos Camarões

Clientes:

  • Empresas Privadas
  • Instituições Financeiras
  • organizações governamentais e intergovernamentais
  • Doadores
  • IFIs e IFDs

Para mais informações sobre os nossos serviços personalizados por favor preencha o formulário seguinte e um membro da nossa equipa contactá-lo-á.

Complete o formulário

Envolva-se
Procuramos fortalecer o espírito de empreendedorismo em África

  • Facilitar o acesso a financiamento
  • Ligar negócios horizontal e verticalmente
  • Criar um fluxo de conhecimento e intercâmbio de know-how
  • Facilitar o diálogo Público-Privado

Recent stories Feed de notícias

A informação é o "alimento" do crescimento económico. Leia as últimas notícias que impactam o Sector Privado em África.

Descubra
Can the digital revolution transform agriculture?

Can the digital revolution transform agriculture?

The world talks a lot about the digital revolution, but few connect it to the coming agriculture revolution, especially in Africa. Digital solutions have huge potential for helping farmers boost productivity and connect to financial tools and markets around the world.

1.2 billion opportunities

1.2 billion opportunities

The commodity boom may be over, and barriers to doing business are everywhere. But Africa’s market of 1.2 billion people still holds huge promise.